Relação entre demografia e saúde é abordada em periódico cientifico editado por docente do PPGDem

O periódico científico Cadernos de Saúde Coletiva lançou recentemente um número especial dedicado à pesquisas que buscaram aproximar a interface entre demografia e saúde. A docente do PPGDem, Karina Cardoso Meira, é uma das editoras especiais convidadas para esse número que trouxe um conjunto de 20 artigos tratando de temas que dialogam na fronteira entre as duas áreas.

Entre os artigos publicados nesse volume, o discente egresso do PPGDem, Pedro Gilson da Silva, assina como um dos coautores do artigo “Homicídios femininos no estado do Rio Grande do Norte e suas regiões de saúde no período de 2000 a 2016“. A análise teve como objetivo a evolução temporal da mortalidade por homicídio feminino no estado do Rio Grande do Norte (RN) e suas regiões de saúde nos anos 2000, mostrando que o Rio Grande do Norte e suas regiões de saúde apresentam taxas de homicídios femininos semelhantes aos países com maior violência contra as mulheres atingindo taxa de mortalidade média de 5,08 óbitos por 100.000 mulheres no período analisado.

Em outro artigo desse número especial, constam como coautores a docente do PPGDem, Luana Myrrha e o egresso do curso de Ciências Atuariais da UFRN (curso vinculado ao Departamento de Demografia e Ciências Atuariais, assim como o PPGDem), Lucilvo Borba Filho. O texto “O impacto demográfico e seus diferenciais por sexo nos custos assistenciais da saúde suplementar no Brasil” examinou as consequências futuras do envelhecimento populacional nos custos assistenciais das operadoras de planos de saúde levando em conta os contratos individuais e coletivos. Entre os resultados, identificou-se que o envelhecimento populacional é mais acentuado para a população feminina e mais intenso entre os beneficiários dos planos individuais/familiares se comparados aos dos planos coletivos.

Todos os artigos produzidos no número especial são de acesso aberto e contou também com o pesquisador da Fiocruz, Raphael Guimarães, como um dos editores especiais. Os diversos artigos compreendem uma ampla gama de pesquisadores levando em conta a diversidade regional e uma cobertura de temas que favorecem a visualização das relações existentes entre demografia e saúde coletiva que, conforme apontado pelos editores, não é uma percepção óbvia dentro de ambos os campos disciplinares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s