Demografia UFRN está entre os 28 programas de pós-graduação contemplados no Edital PDPG/Fapern/Capes

O Programa de Pós-Graduação em Demografia da UFRN está entre 28 programas de pós-graduação do Rio Grande do Norte contemplados no Plano de Desenvolvimento da Pós-Graduação do RN (PDPG-RN), executado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do RN (Fapern) em convênio com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Ao longo dos próximos três anos o PPGDem/UFRN desenvolverá, no âmbito deste convênio, o projeto “Vulnerabilidade Sociodemográfica e Resiliência no Semiárido Setentrional: uma análise das características populacionais e os efeitos diretos e indiretos da pandemia da Covid-19“. O lançamento do PDPG-RN ocorreu em cerimônia ocorrida no dia 11 de agosto, com a presença da Governadora do RN, Fátima Bezerra, do diretor-presidente da Fapern, Gilton Sampaio, entre outras autoridades e representantes da comunidade científica e política.

Selo comemorativo dos 10 anos do Programa de Pós-Graduação em Demografia da UFRN (2011-2021)

O projeto tem como objetivo analisar o contexto da pandemia da Covid-19 e as características da população do semiárido setentrional a partir do entendimento que algumas características sociodemográficas da população residente nessa região condicionam uma maior vulnerabilidade aos riscos a que essa população é exposta. Assim, projeto é dividido em planos de trabalho que se concentram em temas e grupos de pesquisa, mas que refletem uma proposta integrada de se pensar as dimensões da vulnerabilidade próprias do contexto territorial e também da população residente. Portanto, as análises pretendem analisar este recorte regional a partir de um tripé conceitual que poderia ser ajustado para entender o contexto da pandemia: vulnerabilidade (pré-pandemia), resiliência (durante a pandemia) e adaptação (pós-pandemia).

Longe de esgotar todas as dimensões das condições de vida da população, o projeto está estruturado a partir das seguintes temáticas: 1) Mercado de trabalho e renda, 2) Movimentos Migratórios, 3) Educação, 4) Mortalidade e Saúde e 5) Segurança Pública. O projeto é a convergência de esforços que o PPGDem já vem desenvolvendo desde a sua criação, em 2011, de assegurar o desenvolvimento de estudos e iniciativas que busquem ampliar o conhecimento científico e o impacto social na região Nordeste. E, indo além da produção científica tradicional, buscará dar continuidade às ações de divulgação e comunicação científica impulsionadas pelo Observatório do Nordeste para Análise Sociodemográfica (ONAS) que focalizou as dimensões demográficas da pandemia da Covid-19 na região Nordeste e o podcast de ciência Rasgaí.

O PPGDem é o único programa da área de demografia sediado fora da região Sudeste do país e iniciou suas atividades em nível de formação de mestrado no ano de 2011. Em 2017, o PPGDem recebeu o conceito 4 no ciclo de avaliação da CAPES (2013-2016) e, em 2019, implementou o nível de doutorado. Atualmente o PPGDem já formou mais de 80 pesquisadores que atuam em diversos setores da sociedade, desde a administração pública até a docência em diversos níveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s