Mortalidade por cânceres do colo do útero nos estados da região Nordeste: sob o enfoque das desigualdades regionais e raciais

No texto publicado aqui no ONAS na semana passada “Mortes por câncer do colo do útero: um reflexo do racismo estrutural”, nós discutimos o impacto do racismo estrutural no acesso das mulheres negras ao exame preventivo ginecológico de qualidade (Papanicolauo). Essa estrutura com raízes tão desiguais contribui para que as mulheres negras sejam diagnosticadas em … Continue lendo Mortalidade por cânceres do colo do útero nos estados da região Nordeste: sob o enfoque das desigualdades regionais e raciais

Mortes por câncer do colo do útero: um reflexo do racismo estrutural

Há muitas maneiras de matar uma pessoa. Cravando um punhal, tirando o pão, não tratando sua doença, condenando à miséria, fazendo trabalhar até arrebentar, impelindo ao suicídio, enviando para a guerra etc. Só a primeira é proibida por nosso EstadoBertold Brecht Na sociedade brasileira, tem-se a concepção de que o câncer é uma doença “democrática” … Continue lendo Mortes por câncer do colo do útero: um reflexo do racismo estrutural